Vice-presidente do Facebook foi preso no Brasil

O vice-presidente do Facebook na América Latina, Diego Dzoran, foi detido hoje na sua residência. O VIP do Facebook foi detido pela empresa onde ele trabalha ter ignorado uma ordem judicial.

O pedido de prisão foi feito por um juiz de Sergipe, tendo emitido um mandado de prisão.

Foi detido pela equipa da Polícia Federal da Delegacia de Repressão Entorpecentes/SP quando saía do Aeroporto de Guarulhos (SP). A ordem de prisão preventiva, quando não há prazo para a ser libertado, foi feita pelo juiz Marcel Maia Montalvao, da comarca criminal de Lagarto.

Para ler:  Este é o objetivo “secreto” do Facebook com os botões de reacções

Aqui fica um comunicado deixado pela Polícia Federal:

Na manhã de hoje, 01/03, na cidade de São Paulo/SP, Policiais Federais deram cumprimento ao mandado de prisão preventiva expedido pelo Juízo Criminal da Comarca de Lagarto/SE, Dr. Marcel Maia Montalvão, em face de cidadão argentino residente no Brasil, representante do Facebook para a América do Sul.

Tal prisão foi representada pela Polícia Federal do Estado Sergipe, considerando o reiterado descumprimento de ordens judiciais em investigações que tramitam em segredo de justiça e que envolvem o crime organizado e o tráfico de drogas.

 

Neste momento não há muito mais informações sobre a situação, e a cobertura internacional desta detenção tem sido pouca.

Assim que existirem desenvolvimentos, poderemos coloca-los neste texto.

O Brasil tem batalhado de forma corajosa contra o Facebook. Em Dezembro bloqueou o WhatsApp por 48 horas também por incumprimento de ordens judiciais.

Será que o Facebook está acima da lei?

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets