União Europeia pede aos estados membros para protegerem Snowden dos Estados Unidos

Um voto no Parlamento Europeu fez com que Edward Snowden seja, a partir de agora, “protegido” pelos Estados Membros – incluindo Portugal – da extradição para os Estados Unidos.

O voto foi renhido, sendo 285 a favor e 281 contra, mas o voto a favor ditou que todos os Estados Membros “eliminem quaisquer acções criminais” e o “protejam da extradição” pelo “reconhecimento” de ser um whistleblower e defensor de direitos humanos internacionais.

Snowden já reagiu no Twitter a esta situação, congratulando-se pelo voto positivo:

 

 


 

Snowden tem vivido no exílio na Rússia desde junho de 2013, enfrentando acusações norte-americanas de espionagem e de roubo de propriedade do Estado que podem valer-lhe 30 anos de prisão.

Em sua defesa, Edward Snowden alega que cumpriu um dever cívico, ao informar os demais cidadãos sobre os programas de vigilância que reuniam enormes quantidades de dados pessoais em nome da segurança nacional.

#tog

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets