TrueCrypt já não é seguro. Encontradas duas falhas de segurança críticas

Encriptar o disto do teu computador não é só um direito, consagrado no artigo 12º da Declaração Universal dos Direitos do Homem como é um dever.

Hoje em dia o preço da informação é incalculável, e no nosso computador muitas vezes temos dados valiosos sobre a nossa vida.
É por isso uma obrigação encriptar o nosso disco, colocando uma password, forte, para minimizar danos em caso de roubo ou outras situações em que o teu computador te seja levado por pessoas alheias.

O TrueCrypt era um sistema muito popular. Até ao dia em que deixou misteriosamente de estar online, em abril de 2014.
Desde então o VeraCrypt tem sido a alternativa. Mas ainda há muitas pessoas que continuam a usar o TrueCrypt.

Foram recentemente descobertas duas falhas de segurança que permitem acesso, embora dificultado, ao disco encriptado.
Estas falhas foram descobertas pelo Google Project Zero, um projecto do Google para encontrar falhas 0day em software e tornar assim a Internet mais segura.

As falhas são CVE-2015-7358 e CVE-2015-7359.

Se usas o TrueCrypt, recomendamos-te que removas a encriptação e uses o VeraCrypt para maior segurança.

 

#protuga

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets