Puto entra no e-mail do Diretor de Inteligência Nacional dos Estados Unidos

  • ATENÇÃO - não estás seguro na net!
    Detectámos que estás a usar o IP 54.145.16.43 e que estás em Ashburn (ou perto) no país United States. Se nós conseguimos saber isto, os outros sites por onde andas também conseguem.

    Compra aqui a tua VPN profissional e navega seguro na Internet!

  • O mesmo puto que entrou no e-mail do director da CIA, reportado no HackersPortugal há alguns meses, entrou agora, alegadamente, no e-mail do Director de Inteligência Nacional dos Estados Unidos.

    O “spy master” dos Estados Unidos, James Clapper, foi vítima de um ataque informático levado a cabo pelo jovem que atacou o e-mail do director da CIA, não com ferramentas de hacking mas com engenharia social.

    Ele autodenomina-se Cracka, e pertence ao grupo Crackas with Attitude (CWA),

    Dos dados obtidos, conseguiu-se saber que ele teve acesso às contas do telefone de casa, do ISP da Internet, às contas de e-mail pessoal e à conta de e-mail Yahoo da esposa (se calhar ele não sabe que o Yahoo espia os e-mails quando são recebidos)

    Mas entrar no e-mail de alguém parao Cracka não é suficiente. Ele decidiu também alterar a conta VoIP da casa do Clapper e reencaminhar todas as chamadas para o Free Palestine Movement.

    Esta informação já foi confirmada por fontes oficiais que estão a investigar a situação. A conta original de Cracka no Twitter foi suspensa mas ele depressa criou outra, com o handle @dickreject, onde mostra que acedeu  à conta de Facebook de Vonna Heaton, que trabalhou em tempos numa outra agência dos Estados Unidos.

    Como é que ele fez isto?

    A notícia original no Motherboard não especifica como é que ele conseguiu aceder aos e-mails, documentos, chamadas e informações de um alto responsável dos Estados Unidos. Mas, pelo modus operandi usado, pode-se assumir que foi usada engenharia social, ou seja, utilizar informações públicas ou privadas para confirmar credenciais de segurança e, na maioria das vezes, conseguir acesso ilegítimo a informações.

     

    #ruicruz

    Partilhe no Facebook
    Loading...