Pentágono confirma que as defesas anti-mísseis estão vulneráveis a ataques informáticos

Uma auditoria confirma que as infra-estruturas que asseguram o sistema anti-mísseis dos Estados Unidos confirma que é possível a hacekrs entrarem neste sistemas.

No passado mês de Junho, o Director da Agência de Defesa Anti-míssil (Missile Defense Agency) confessou que o assunto era “sério”. Durante uma audiência a 11 de Junho numa subcomissão de capacidades defensivas do Senado o director da Missile Defense Agency foi questionado “de que forma as nossas informações externas estão vulneráveis a ataques informáticos” ao que respondeu “eu prefiro discutir esta situação numa sessão classificada”.

Perante esta informação, a mesma pessoa que o confrontou com a questão perguntou-lhe “mas é sério?” ao que o director respondeu “sim, é”.

Na mesma sessão foi definido, ou confirmado, que a China e a Rússia são consideradas as principais potências perigosas no cibercrime e na ciberespionagem contra os Estados Unidos.

 

mda-defense-missiles

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets