Página oficial do Ronaldo usou técnicas para obter dinheiro com as visitas sem informar os utilizadores

  • ATENÇÃO - não estás seguro na net!
    Detectámos que estás a usar o IP 54.80.209.254 e que estás em Ashburn (ou perto) no país United States. Se nós conseguimos saber isto, os outros sites por onde andas também conseguem.

    Compra aqui a tua VPN profissional e navega seguro na Internet!

  • O site de Cristiano Ronaldo esteve durante tempo indeterminado a efetuar práticas pouco claras para com os visitantes.

    Em específico, o site, quando aberto, utilizava perto de 100% do teu CPU para… fazer “minning” de moeda digital. O “minning” consiste em usar o poder do CPU para executar operações à “procura” de moeda digital, ou cryptocurrency, e assim ganhar dinheiro à custa de todas as pessoas que visitam o site. O serviço usado era o Coinhive.

    A situação foi descoberta e relatada no Aberto até de Madrugada que disse, no seu artigo, o seguinte:

    Para além da total falta de respeito pelos visitantes, que nem sequer têm qualquer indicação do que se passa (o serviço Coinhive recomenda que os visitantes sejam informados antes de se usar o seu computador para este processamento), o site de Cristiano Ronaldo nem sequer tem a consideração de usar as opções que limitam o processamento a um valor mais reduzido, para que os utilizadores possam continuar a usar o seu computador de forma despreocupada: ocupa mesmo 100% de todo o poder de processamento (e olhem que no meu caso não é frequente ver 12-cores a 100%!)

     

    Ou seja, além da recomendação de “avisar” os utilizadores ser inexistente, por outro lado o script foi removido sem qualquer informação ao público ou explicação dada. No entanto, Cristiano Ronaldo pode nem sequer ter tido conhecimento deste facto, no entanto, se tal aconteceu, a política de segurança que deixou fazer a “injecção” deste script ou a confiança na empresa que construiu o site é claramente insuficiente para o nível do jogador Português.

     

    Relembramos que Ronaldo ganha por ano aquilo que muitos de nós nunca iremos ganhar numa vida, e que esta atitude, seja por parte de Cristiano pessoalmente ou pela empresa que gere o site, é absolutamente errada a vários níveis.

    O código malicioso já foi removido, mas podes ver este print que mostra que o código estava mesmo presente no website:

    Partilhe no Facebook
    Loading...