O TOR está a ser atacado e alguns servidores foram “apanhados” pelas autoridades

A rede TOR está novamente a ser alvo de ataques informáticos. Desta vez não por hackers mas, presume-se, pela polícia, que desligou alguns servidores conhecidos como “Tor exist nodes”.

O TOR é uma tecnologia que permite a advogados, ativistas, famílias e jornalistas a comunicação segura com terceiros.

A tecnologia encontra-se também relacionada com o uso de droga, hackers e outras atividades menos legais.

No dia 23 de Dezembro os reports de que alguns exit nodes do TOR tinham sido apanhados de um Datacenter foram confirmados por sites como o The Hacker News que citavam o próprio dono de alguns servidores, Thomas White.

Ele próprio escreveu que no Natal estava a ser “vigiado” pela polícia, através da rede Twitter:

 

 

O responsável por alguns dos servidores que alojam o Tor disse que pela indicação que recebeu remotamente alguém ligou um dispositivo USB a cada um dos servidores e 30 segundos depois ficou sem ligação, tendo também ficado sem acesso á sua conta de alojamento.

Estes servidores, conhecidos como servidores de autoridade de directório (DA), não contém qualquer informação sobre o utilizador em específico, garantiu ‘arma’ num artigo no Blog do Tor onde explica que, mesmo com servidores apreendidos, o anonimato dos utilizadores iria continuar mesmo que alguém tivesse acesso aos dados.

 

A lista de servidores do TOR a evitar encontra-se aqui, pelo que, por agora, e até o Tor indicar alguma informação oficial, devem ser tomadas algumas precauções.

Se pretendes uma alternativa ao Tor, considera o uso de uma VPN e consulta esta lista com várias escolhas possíveis.

 

tor-logo-100049034-gallery

 

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets