NSA esconde malware nos discos dos fabricantes mais populares

A NSA encontrou finalmente uma forma de ter um malware no firmware de um disco rígido. Mas há formas de o evitar.

Western Digital, Seagate, Toshiba e outros fabricantes estão alegadamente a “vender” discos rígidos com malware.
A descoberta foi feita pelo Kaspersky Lab que indicou também que a maior concentração de malware foi encontrada no Irão, Rússia, Paquistão, Afeganistão, China, Mali, Síria, Iémen e Argélia.

Os alvos incluem Governos, militares, empresas de telecomunicações, bancos, empresas energéticas, comunicação social e activistas Islâmicos.

 

Um antigo funcionário da NSA disse sob anonimato à Reuters que a análise do Kaspersky Lab estava correta, e que ainda hoje em dia ainda se mantinham fiéis ao uso do spyware.

O Kaspersky Lab publicou os detalhes técnicos deste spyware ontem e espera que com isto as empresas consigam detectar e remover o spyware que se encontra em vários discos rígidos a partir de 2001.

hacker

 

Como se proteger?

Usar software de encriptação de disco como o VeraCrypt pode ajudar à proteção, de acordo com várias opiniões via Twitter:

 

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets