Microsoft finalmente admite que espia os utilizadores do Windows

Passaram-se algumas semanas desde que saiu o Windows 10.

Mesmo depois daquilo a que se pode chamar uma controvérsia em torno da privacidade, a Microsoft continuou sempre a ignorar as pessoas que pediam mais transparência. Mas agora tudo mudou.

Num comunicado escrito no blog da Microsoft na segunda-feira passada, a gigante do software afirma que “o Windows 10 recolhe informações para que o produto funcione melhor para ti”.

Mas há muitas perguntas que ficaram por responder, como por exemplo:

  • Os dados que a Microsoft recolhe incluem histórico do browser, textos escritos e comandos de voz do Cortana?
  • Porque é que o Windows 10 faz uma ligação a um servidor da Microsoft mesmo com todas as funções de recolha de dados desactivada?

Estas são algumas das muitas perguntas que ficaram sem resposta.

Mas pronto, agora está confirmado: a Microsoft admite que te espia.

 

Mas isto não é justo!!!

Tens toda a razão. Afinal, quem quer um sistema operativo que espia as pessoas? Nós não.
Para minimizares a informação que a Microsoft recolhe sobre ti, basta seguires estas dicas: primeiro tens que desactivar o keylogger do Windows 10 e depois tens que desactivar funções que permite ao Windows 10 enviar dados à Microsoft.
Por último, vê outros artigos que fizemos sobre o Windows 10.

 

#protuga

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets