Hackers Russos atacam NATO, Governo Ucraniano e outros alvos devido a falha 0day no Windows

Hackers Russos da equipa Sandworm Team atacaram computadores da NATO bem como do Governo Ucraniano. A Microsoft fez a release de um update algumas horas depois.

Embora o sistema proprietário da Microsoft seja usado por muitos partilhares e empresas, está longe de ser seguro. Tanto este, como todos os sistemas operativos.

Ontem, uma equipa de hackers chamada Sandworm Team atacou vários computadores e servidores, entre eles sistema do Governo Ucraniano e a North Atlantic Treaty Organization (NATO).

A falha usada permitiu aos hackers procurarem informação dentro dos computadores das suas “vítimas virtuais” que fosse sensível, desvenda o CBS News.
Este grupo está há vários anos à procura de “segredos” relacionados com diplomatas e políticos.
O relatório “técnico” desta operação pode ser visto no iSight.

 

Microsoft já resolveu a falha

Est afalha tem um impacto em todos os Windows, desde o XP SP2 até ao 8.1. A falha, quando explorada com sucesso, permite a um atacante executar código malicioso. Em específico, a falha consiste numa DLL que permite, de forma errada, o download e execução de comandos em ficheiros INF.
No Windows Update deverão aparecer já actualizações para esta falha de segurança.

Entretanto, os Russos não param…

 

Mapa com alvos atacadosiSIGHT_Partners_sandworm_targets_13oct2014

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets