Grupo Anonymous volta a atacar Estado Islâmico

O colectivo hacktivista Anonymous voltou a atacar contas das redes sociais usadas por membros do EI (Estado Islâmico). Já em Junho tinham sido banidas mais de 1500 contas.

A operação #OpCharlieHebdo, que divulgou várias contas de redes sociais usadas pelo ISIS (Estado Islâmico) teve um grande sucesso em Junho passado. Mais de 1500 contas do Twitter foram alegadamente bloqueadas.

Agora, uma nova operação está de volta com o mesmo fim. A operação com o nome de código #OpISIS está a descobrir contas de jihadistas e a denuncia-las.

 

“Vimos de todas as raças e países … somos Anonymous”, diz o vídeo que termina com a ameaça de que “vamos caçar-vos, vamos atacar os vossos sites … vocês vão ser tratados como um vírus e nós somos a cura”.

 

Já foi divulgada uma lista de contas Twitter e Facebook pertencentes ao EI e pede-se, através dessa mesma rede social e do IRC, que se denunciem os perfis.

 

Link de contas de jihadistas

 

Para acompanhares os desenvolvimentos na operação podes acompanhar a tag #OpISIS no Twitter usando este lnik.

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets