Google recolheu localização dos smartphones Android mesmo quando o GPS estava desligado

  • ATENÇÃO - não estás seguro na net!
    Detectámos que estás a usar o IP 54.226.172.30 e que estás em Ashburn (ou perto) no país United States. Se nós conseguimos saber isto, os outros sites por onde andas também conseguem.

    Compra aqui a tua VPN profissional e navega seguro na Internet!

  • A Google foi recentemente apanhada a fazer algo não muito bonito: recolhia localização e guardava-a nos seus smartphones mesmo quando a função de GPS estava desligada.

    A descoberta foi feita pela Quartz que indiciou que, mesmo sem SIM, era possível recolher esses dados. Alias, mesmo sem qualquer app instalada. Isto porque bastava estar ligado a wifi, um smartphone novo ligado pela primeira vez, e pronto, a “magia” acontecia.

    Isto aconteceu, segundo o mesmo relatório, desde Janeiro de 2017, e embora a informação estivesse encriptada, a empresa não permitia que isto fosse desativo nem com reset para as definições originais do equipamento.

    Google admitiu, imaginem só!

    A empresa admitiu que estava a recolher estes dados, fazendo a seguinte declaração:

    “In January of this year, we began looking into using Cell ID codes as an additional signal to further improve the speed and performance of message delivery. “However, we never incorporated Cell ID into our network sync system, so that data was immediately discarded, and we updated it to no longer request Cell ID.”

     

    Depois de “leak”, Google via-se “portar bem”

    Depois da informação divulgada, o Google prometeu que a partir de Novembro de 2017 vai deixar de recolher esta informarão.
    Mas, esta é sem dúvida uma lição de que a investigação e divulgação desta informação trazem benefícios para toda a comunidade, neste caso numa visão de pura transparência perante os cidadãos que usam Android.

     

    Não é claro como a Google recebia a informação através dos seus smartphones Android, informação essa que era baseada em localização aproximada ou torres/células de redes GSM. Aqui fica uma prova do que aconteceu:

     

    Estou afetado? Como posso evitar isto?

    Agora que a situação foi descoberta, a Google vai deixar de recolher estes dados ainda durante o mês de Novembro de 2017. Por isso, embora todos os smartphones estejam afetados, a informação vai deixar de ser recolhida sem ser preciso fazeres nada.

    Partilhe no Facebook
    Loading...