FBI procura programadores de malware

A guerra digital está aí. O FBI – Federal Bureau of Investigation – está activamente e oficialmente à procura de empresas que fabriquem malware. O malware pode ser “feito” em aplicações, documentos do Word ou Office, entre outros.

De acordo com uma proposta colocada no FBO – Federal Business Opportunities, a versão dos Estados Unidos do Portugal Português Compras Públics – o FBI está à procura de pessoas ou empresas que fabriquem malware.
Não só é publicada esta informação no site do FBI, como também o Departamento de Justiça – DoJ – dos Estados Unidos confirma a situação.

O pedido inclui alguns detalhes interessantes, como por exemplo a necessidade de ser enviada uma “amostra” ao FBI, ter que ser entregue ao FBI entre 30GB a 40GB de malware por dia ou ter que ser “actualizado” de 24 em 24 horas.

Milhões de computadores podem assim ficar afectados caso alguma empresa entregue este tipo de código ao FBI e que este, de forma simples, o “injecte” de alguma forma em sites que pareçam inofensivos, pois nem todos os antivirus, antispywares ou antimalwares estão preparados para reconhecer ameaças que não tenham ainda sido identificadas.

Sendo um novo producto, é caso para grande preocupação.

 

Podes aceder ao pedido do FBI neste link, onde encontras a descrição técnica em ficheiro .docx do que é pretendido.

 

FBI procura programadores de malware

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets