Extensão do AVG para o Google Chrome deixa milhões de utilizadores em risco de serem espiados

O famoso antivírus AVG ja foi notícia no Hackers Portugal quando alterou os termos de uso do antivírus distribuído gratuitamente.

Na altura, dissemos que o AVG iria recolher o “histórico do browser, histórico de pesquisas, meta-data, o nome do ISP de onde te ligas aos produtos AVG, entre outro”
Após a leitura, provavelmente muitas pessoas preferiram usar outro antivírus e a nossa lista de antivírus gratuitos ajudou bastante.

Agora parece que o AVG está a tentar a mesma manobra, mas com a extensão AVG Web TuneUp. De acordo com o Project Zero, a equipa do Google responsável por investigar incidentes de segurança, a extensão tinha uma falha que permitia a terceiros saberem o histórico da Internet de uma determinada pessoa e aceder a alguns conteúdos dos seus e-mails.

“A vulnerabilidade que a equipa do Google descobriu é muito séria, permite que qualquer website aceda às passwords e outros dados confidencias de um site que uma pessoa com a extensão do AVG tenha visitado”, informou Dr Steven Murdoch, investigador de segurança.

Por agora a instalação do AVG Web TuneUp está “limpa” e podem usa-la.

Mas por outro lado, há antivírus grátis que fazem o que aquela extensão faz. Se ainda usas o AVG ou a extensão Web TuneUp, porque não dares uma vista de olhos na nossa lista de antivírus grátis com bastantes alternativas ao AVG?

 

#ruicruz

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets