Ele ia trabalhar no Facebook… mas depois de divulgar falha de segurança na rede social, já não foi

Aran Khanna tinha tudo o que queria: um estágio de verão no Facebook.
Mas também tinha tudo o que o Facebook não queria: uma pessoa verdadeira que ajuda os utilizadores.

E esta combinação fez com que Aran Khanna fosse rejeitado, mesmo depois de ter sido aceite, para trabalhar no gigante da rede social.

Aran Khanna contou que, depois de divulgar uma falha na rede social que podia fazer com que se pudesse localizar fisicamente alguém que falasse com ele no chat, o Facebook disse-lhe que tinha rejeitado a aplicação dele para o estágio.

O nome dado à extenção de Chrome é Marauder’s Map, mas já não funciona. Basicamente mesmo com as definições de partilha de localização desligadas no Facebook Messenger, ainda era possível localizar uma pessoa de forma tão precisa que o erro era apenas de alguns metros!

 

1-UjOiHrFnQhU25xcOMcPU7A

 

Quando o Facebook descobriu, mandou-o parar com isso e ele desactivou a página da aplicação no Github.
No seu blog, Aran Khanna, explicou porque estava a fazer isto: porque queria ser honesto e mostrar que a privacidade não existia no Facebook.

 

Moral da história: a honestidade nem sempre leva a bom porto, e a hipocrisia do Facebook nunca nos deixa de surpreender.

Boa sorte para o teu novo emprego, Aran!

#tog

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets