FBI acusa hackers da Coreia do Norte de atacar a Sony

O ataque á Sony parece já ter culpados, com o FBI a acusar formalmente a Coreia do Norte do ataque que devastou a Sony nas últimas semanas.

O comunicado é oficial e afirma que existem provas que ligam o ataque à Sony com a Coreia do Norte.
Os hackers daquele país, ligados ao grupo “Guardians of Peace”, usaram técnicas, malware e infraestrutura que foi possível ao FBI identificar se tratar daquele grupo de hacktivistas.

A Casa Branca disse inclusive que “o FBI, em trabalho conjunto, irá identificar, perseguir, e impor consequências a indivíduos grupos ou países que usem meios cibernético para ameaçar os Estados Unidos ou os interesses dos Estados Unidos”.

Os hackers conseguiram que a Sony adiasse a estreia de The Interview e disse que iria parar de publicar o seu material se eles apagassem os traillers e nunca mais falassem no tema.
O filme The Interview dá conta de uma tentativa de assassinato a um ditador, que só por acaso é da Coreia do Norte.

Mais tarde os mesmos hackers disseram que o filme podia ser estreado, mas com edições.

 

Aqui fica o trailler The Interview

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets