As 10 ferramentas mais populares para crackar passwords

  • ATENÇÃO - não estás seguro na net!
    Detectámos que estás a usar o IP 54.92.142.198 e que estás em Ashburn (ou perto) no país United States. Se nós conseguimos saber isto, os outros sites por onde andas também conseguem.

    Compra aqui a tua VPN profissional e navega seguro na Internet!

  • Provavelmente este é um dos assuntos mais procurados na Internet. O “crackar passwords” é um sonho realizado para poucos, aqueles que realmente se dão ao trabalho de esperar, de ler instruções e de saber a “arte”.

    Mas há ferramentas, umas mais automáticas que outras, para tratar de crackar uma password num ficheiro ou num site.

    Estas são as dez ferramentas mais populares (e a maioria delas mais antigas) para crackar passwords:

     

    1 – Brutus: Criado em 2000, o Brutus é um sistema de “cracking” de passwords que funciona com vários protocolos, incluindo HTTP, POP3, FTP, SMB, Telnet, IMAP, NNTP, NetBus, etc. A ferramenta corre apenas em Windows e permite-te “parar” um ataque e continuar o mesmo ataque mais tarde, podendo gravar as tentativas já efectuadas. O site oficial já não está em funcionamento e podes apenas encontrar este programa em pesquisa no Google como aquela a que linkamos.

    2 – RainbowCrack: Esta ferramenta permite crackar passwords cifradas para poderem ser descobertas. É similar a este artigo que fizemos que aloja mais de um bilião de passwords online gratuitamente. Existem algumas “tabelas” de passwords pagas, como “addons”, a preços razoáveis.

    3 – Wfuzz: Esta ferramenta é semelhante à primeira apresentada e serve para crackar aplicações web. Tem suporte a SQL, XSS e LDAP injection e bruteforce por POST e GET,.

    4 – Cain and Abel: Inspirada na bíblia, este conhecido “crackar” consegue “ouvir” conversas VoIP que estejam a ser feitas na rede (no caso de não estarem cifradas), consegue faz ataques de bruteforce e outras coisas diferentes das ferramentas anteriores. Está apenas disponível para Windows e foca-se sempre na fragilidade do protocolo e não no ataque em si, ou seja, não exploita nenhum bug em específico, mas sim o protocolo em que está a ser feita a comunicação.~´

    5 – John the Ripper: É uma ferramenta opensource e já antiga, funcionando à base da detecção de passwords fracas. Existe uma ferramenta paga com outras funções melhores. Está listada pela antiguidade, já que em termos de funcionalidades se encontram melhores ferramentas online (e grátis).

    6 – THC Hydra: Esta é uma ferramenta já falada no Hackers Portugal. Consulta este artigo para mais detalhes.

    7 – Medusa: Suporta vários protocolos, entre eles HTTP, FTP, CVS, AFP, IMAP, MS SQL, MySQL, NCP, NNTP, POP3, PostgreSQL, pcAnywhere, rlogin, SMB, rsh, SMTP, SNMP, SSH, SVN, VNC, VmAuthd and Telnet. É, como se pode ver, um dos únicos, se não o único programa a “crackar” serviços para aceder remotamente a computadores. A eficiência depende da tua ligação à “net”. Em reede local ele consegue testar até 2000 passwords por minuto.

    8 – OphCrack: Provavelmente a ferramenta mais popular em Windows, embora esteja disponível para outros sistemas operativos. Funciona na  mesma lógica do RainbowCrack mas tem uma diferença: podes criar um live CD com esta ferramenta, e correr em qualquer computador.

    9 – L0phtCrack: Esta ferramenta é mais especializada em crackar passwords numa rede de computadores Windows, embora faça outras funções. A ferramenta foi adquirida pela Symantec que a deixou “morrer” mas foi novamente adquirida pelos programadores originais que continuaram o desenvolvimento da ferramenta.

    10 – Aircrack-NG: Quase que apresentações são escusadas. Esta é a mais popular ferramenta para crackar passwords de wifi. WEP e WPA são apenas alguns dos protocolos de autenticação que esta ferramenta “cracka”. Existe ainda a possibilidade de se criar um Live CD, o que dá sempre jeito para levar para outros locais.

     

    E pronto, estas são as melhores ferramentas e também as mais conhecidas para crackar qualquer tipo de password.

    Se gostaste desta lista partilha-a com os teus amigos.

     

     

    Partilhe no Facebook
    Loading...