Aplicações de smartphone como o Gmail estão vulneráveis a ataque

Uma falha no Android e iOS pode permitir a hackers entrarem numa conta Gmail ou a aplicações de serviços bancários. Segundo os investigadores desta falha, a taxa de sucesso é de 92%.

Esta falha está apenas documentada em Android, mas os investigadores garantem que conseguem fazer com que aplicações maliciosas roubem informação pessoal de um telemóvel, isto porque é comum noutros dispositivos e sistemas operativos as aplicações poderem aceder à memória partilhada de uma aplicação alheia.

Os investigadores que testaram esta falha afirmam que em 7 aplicações populares, entrew 82% e 92%. Em declarações prestadas, Zhiyun Qian, professor ma UC Riverside, explica que “assumia-se que as aplicações não interagem uma com outra no que toca àmemória partilhada, mas mostrámos que assumir este facto é incorrecto, e que as aplicações podem interagir umas com as outras, criando consequências adversas às aplicações que correm legitimamente num smartphone”.

Um simples wallpaper (disfarçado de trojan) chega para poderem tomar “posse” do ecrã do utilizador.

Os investigadores divulgaram alguns vídeos de demonstração para mostrar como é que exactamente o ataque ocorre:

 

 

 

Para te protegeres… é simples: não faças downloads de aplicações “inúteis” ou que não são de confiança.

new-gmail-020414

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets