Ainda usas o Skype?

Lembras-te do Skype? Foi uma grande ferramenta noutros tempos mas se o ainda usas hoje, podes ter a certeza de que o mesmo não é seguro.

Há uma década, fazer chamadas de voz grátis era uma miragem para muitas pessoas. As chamadas e as mensagens pagavam-se todas. Foi nessa altura que o Skype, que na altura não era da Microsoft, começou a desenvolver-se.

Passados alguns anos foram adicionadas chamadas de vídeo e chamadas em grupo com vídeo. Tudo isto foi entretanto comprado pela Microsoft em 2011. Mas antes dessa compra o Skype já permitia “espiar” comunicações peer-to-peer.

A Microsoft faz um scan constante das mensagens em busca de indícios fraudulentos. Ora isso só pode acontecer se as mensagens forem traduzidas para texto, embora possam ser encriptadas. Um teste efectuado pela Ars Technica evidenciou que de 4 links enviados pelo Skype dois deles foram “checkados” por um IP Microsoft. Em teoria, a Microsoft terá que ter acesso ao conteúdo das mensagens para verificar os respectivos links.

Na prática a Microsoft pode fazer tal coisa pois a secção 8 da política de privacidade do Skype indica que o Skype pode usar essa técnica. O que deixa a pergunta: até que ponto as mensagens depois de feitas o “scan” são guardadas?

A juntar a este facto existe a informação vinda de documentos divulgados por Edward Snowden de que a NSA efectua a recolha de dados do Skype desde 2011.

 

Alternativas ao Skype

Jitsi é uma boa alternativa para quem procura chamadas de vídeo grátis e seguras. A encriptação oferecida pelo Jitsi é, até ao momento, NSA-proof. Existe aplicação também para Android.
No caso de pretenderes apenas chamadas de voz, o RedPhone para Android, o VoIP Buster ou mesmo o Ostel.

Podes ainda ler este artigo para teres mais ideias de software alternativo ao Skype e seguro que possas usar.

Ainda usas o Skype?

skype

Compra aqui a tua VPN
Partilhe no Facebook

Floating Widgets